sexta-feira, 27 de julho de 2012

Uma sensação no elevador!

Vimos em alguns posts do nosso mês muito sobre força e as vezes é bom parar para observar onde podemos encontrar essas 'forças' em nossa vida, nosso dia-a-dia.
Nesse post tentarei mostrar um pouco do que aprendemos em sala de aula e nada mais do que falar de um local que muitas pessoas utilizam como meio de locomoção, o elevador.
Quando entramos em um elevador e descemos ou subidos nós sentimos uma sensação diferente, uma sensação de que estamos subindo e descendo/descendo e subindo quando o elevador para, isso podemos chamar de inércia que pelo que aprendemos em física, os corpos permanecem em seu estado de movimento ou de repouso.
Vamos citar um exemplo de quando estamos descendo junto com o elevador: Estamos no alto do prédio e o elevador começa a descer, como diria o nosso professor Quiriate Huzote: 'o elevador não avisa ao nosso corpo que iremos descer', então a sua velocidade é muito alta e isso faz com que nosso corpo tenha uma sensação de flutuação, praticando a inércia. Quando paramos, sentimos a sensação de que ainda estamos descendo, isso acontece por que o nosso corpo novamente não é 'avisado' que paramos.




Aluno: Thiago Trindade

Fontes:
- Módulo Positivo - 1ª série do Ensino Médio - 2º Volume
- Aulas de Física da 1ª série do Ensino Médio - Colégio Maria Montessori - Professor Quiriate Huzote


2 comentários:

  1. Gilson Mascarenhas2 de agosto de 2012 18:25

    Gostei da postagem, as vezes as coisas que sabemos superficialmente podem nos ensinar mais e vocês estão de parabéns com esse e todos as publicações!!!!!!! Curti

    ResponderExcluir